Renato Moraes

Sobre os Objetos

 

 

Transcendência e Percepção

 

 

 

Estes trabalhos fazem parte de uma nova série de obras que são considerados Objetos, pois não têm a intenção de serem associados ou representar a qualquer imagem do mundo real. São totalmente abstratos, materialmente e conceitualmente.

 

De um lado, há o temo Transcendência, que significa ascender, ultrapassar, superar, e é a superação propriamente dita de uma etapa em minha vida artística e pessoal. É a resposta de que devo estar indo além da etapa anterior. Um passo a frente no meu caminho e, portanto, ambas têm por base etapas que estou percorrendo.

 

Quanto à Percepção, este termo está completamente ligado à Transcendência, pois não há como ascender sem perceber, tanto o que se foi, como o que pode estar por vir.

 

Quanto às peças, propriamente, todas têm duas cores, sendo que a cor branca é comum a todas e cada uma tem uma segunda cor, assim como forma própria.

 

A cor branca comum a todas as peças tem por significado a pureza. Pureza de alma e de espírito, pois como cada peça tem o objetivo de não se relacionar a qualquer objeto do mundo real, o observador poderá se desconectar de tudo, usando a cor branca como veículo.

 

A segunda cor irá transpô-lo a seu universo pessoal, baseado no que cada cor representa para você, como a cor amarela, que pode significar a juventude, a energia, vida, calor. A cor azul, simboliza espiritualidade, pensamento, infinito, transparência, sabedoria transcendente, desejo se der puro, entre diversas outras simbologias. O preto, por sua vez, simboliza fertilidade, sofisticação, e independência, tendo em vista que prescinde das outras cores. No caso da cor cinza, simboliza maturidade, meditação, responsabilidade e segurança, entre diversas outras cores presentes em cada obra.

 

Distintas em tonalidade, formato e tamanho, cada obra é única e independente da outra e assim como nos remetem à abstração, não têm ligação uma com a outra.

 

Assim como na Linha de Trabalho Souplesse, não tenho o objetivo de conduzi-lo a ver algo, e sim mostrar o início do meu Caminho.

 

Aproveito a oportunidade para convidá-lo a conhecer estes meus trabalhos (LINK), assim como minhas outras obras neste site.

 

Obrigado e bom Caminho.